Praga das Lesmas na Catedral italiana

Animais coloridos espalhados pela cidade parecem ter virado uma tendência. Depois dos pombos em Liverpool é a vez das lesmas em Milão.

Visitando uma igreja histórica da cidade italiana, turistas e curiosos se surpreenderam. Estavam acompanhados de 50 lesmas. As amiguinhas lentas invadiram o local graças ao trabalho do coletivo de arte internacional Cracking Art Group. Foram usadas lesmas gigantes feitas em plástico reciclado para chamar atenção aos reparos e restauração mais que necessários na Catedral de Milão. Elas representam a deterioração da arquitetura com o tempo.


A proposta é parceria do coletivo com a Duomo e a Opera d’Arte de Milão.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: