Juntos somos um…carro

Poderia ser apenas uma carro batido.

Se a matéria prima não fosse feita de pessoas.

Essa é a proposta da artista plástica Emma Hack. Ela colocou doze mulheres e cinco homens juntinhos para pintar uma obra de arte feita de gente. Foram exatamente 18 horas para retratar um carro batido nos 17 modelos.

Segunto Emma, algumas [partes] eram bem óbvias, como os pneus, o rosto como espelho lateral e o braço como parachoque. No estúdio, Emma pintou cada modelo antes de colocá-los na posição para formar o veículo.

A trabalheira conceitual tem rendido muitos resultados em termos de divulgação. “Tecnicamente, este provavelmente foi o trabalho mais difícil que eu já realizei. É realmente mágico como ele se popularizou.” – comemora a artista pela segunda vez. A primeira vez a ganhar fama foi com o clipe “Somebody That I Used To Know” da banda Gotye.

Um quadro aqui, outro acolá…

Daquelas ideias que você vai dizer: por que eu não pensei nisso antes???

O artista plástico californiano Randy Noborikawa pinta quadros os quais você pode pagar por um e levar dois. Por que? Simplesmente porque ele usa uma singela técnica de alto relevo na tela e as ondulações permitem que ele possa pintar duas imagens no espaço de um quadrado. O método é conhecido como pintura lenticular, uma técnica tradicional para construir ilusões de ótica, mas nunca tinha visto sendo usada dessa forma, como imagens totalmente distintas.

Enjoy!

%d blogueiros gostam disto: